ACONTECEU COMIGO: Brigadeiro de colher

Ainda estou para conhecer coisa mais chata que sair para comer com food-chatos.
Almoço de domingo:
– Boa tarde senhores, a sugestão do dia é filet sobre cama de batata-doce, acompanhado de salada ao molho Dijon.
– A salada é orgânica?
– Sim.
– Nem a batata teve contato com agrotóxicos?
– Não.
– O filet foi selado para manter suas propriedades proteicas?
– Sim.
– O valor nutricional do prato como um todo está dentro da tabela de necessidades diárias para uma pessoa com IMC regular?
– Sim.
– O molho Dijon é glúten free?
– Exato. Aceitam o prato?
– Aceito.
– Eu não. Perdi a fome.
Claro que precisamos cuidar da alimentação, do planeta, da vida e etecetera e tal, mas quando comer virou tarefa tão maçante? Está certo que nunca tive problema com peso, o que pode tirar a credibilidade do meu argumento, mas sigam o pensamento: comida é prazer! Pronto, fim do pensamento.
Vamos cuidar da alimentação? Então façamos a feirinha orgânica, montemos um cardápio balanceado e colorido. Viva as frutas, os legumes, a pirâmide nutricional, o Whey até. Mas quando sairmos para comer, sejamos um pouco Nigella.
– Boa tarde senhores, a sugestão do dia é filet sobre cama de batata-doce, acompanhado de salada ao molho Dijon
– Perfeito. E de sobremesa?
– Torta de avelãs com cumbuquinha de brigadeiro
– Ótimo. Traz uma porção extra que eu vou comer de colher
E que o almoço de domingo viva feliz para todo o sempre.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s