ACONTECEU COMIGO: Quando foi que festa infantil virou baile de palácio real? II

(Este post é antiguinho, mas com a comemoração do aniversário do meu filho no último final de semana, voltei ao tema, adaptei e republiquei. Uma das bandeiras que eu não canso de levantar).

Este ano, meu filho fará quatro anos e comemorará o aniversário no salão de festas do condomínio onde moramos. Para a mesa de parabéns escolheu a Liga da Justiça para representar todo o colorido do seu universo lúdico. E lá fui eu que – como sempre – farei tudo no estilo simples e homemade, buscar na internet referências de decoração que incluam seres de capas e super poderosos. Supresa! Ou não. Mais uma vez me deparo com o exorbitante mundo das festas infantis no Brasil, que chocam anualmente com suas cifras estratosféricas e tem-que-ter mirim.

Sou fã incondicional de festas caseiras e insisto sempre – e espero, para sempre – que crianças divertem-se correndo na grama, sentadas num picnic, em brincadeiras de roda, com balões, pula-pula, coxinha e brigadeiro. Ou vai dizer que seu filho nunca te implorou por um balão numa festa, mas só pôde brincar com ele no final, pois fazia parte da decoração?

Claro, claro, claro, cada um faz a festa que quer – e pode – mas às vezes caímos na tentação de parcelar em vinte vezes uma festa de casamento aniversário num buffet chiquetésimo, com mil atrações extras, achando que dela depende o sucesso da comemoração, o status e felicidade da criança. E fico, por outro lado, exausta com convidados reclamando da altura da música, da quantidade de carne do escondidinho gourmet e da lembrancinha que era sem graça.
Acredito que alguns valores básicos são deixados para trás: a infância é simples. E aniversário infantis deveriam ser feitos para crianças.
Minhas melhores lembranças dos idos anos oitenta incluem corrida de sacos, corre cotia, passa anel e chás de bonecas. E é essa a alegria em que acredito.

“Filho, a sua mesa de aniversário de quatro anos será cheia de enfeites caseiros, comidas de festa infantil, bolinhas de sabão e muitos, muitos balões. Desejo demais que colorido e alegria sejam sempre suficientes para te encantar. Com amor, mamãe”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s